quarta-feira, 4 de abril de 2007

Moda Masculina


Depois de muito pensar e pouco pesquisar decidi que iria escrever algo sobre moda masculina. Nada sei sobre moda, além do mais quando se trata de moda masculina. Não que eu não me enquadre no perfil de um ser masculino (ainda produzo testosterona)isso é o que me importa, tenho pelo menos os hormônios cientificamente ditos masculinos, porém, para que se tire todas as duvidas da minha masculinidade, ou do que seja a palavra masculino fui ao dicionário procurar o significado de masculino, e de moda que por assim dizer era o assunto principal a ser abordado no inicio do texto.
MASCULINO = Que é do sexo dos animais machos; qualificativo do gênero homem, dos animais machos.
MODA = Uso geral da criação de tendências no modo de vestir, costume de se vestir seguindo a tendência proposta em uma determinada época.
Junção dos dois significados. MODA MASCULINA seria: criação e uso de tendências no modo de vestir dos animais machos, do gênero qualitativo homem.
Que complicação! Estou quase desistido de terminar esse post, aff!
Desde que o mundo é mundo existe a moda; a necessidade de se vestir fez com que as pessoas inventassem cada dia mais roupas diferentes, para que eles se adequassem as estações do ano e aos diferentes lugares do mundo, porém, com o passar dos anos e com a Revolução Industrial do século XIX, começou-se a industrialização da moda. Com todo o aumento da população existiu a necessidade de se fabricar produtos em massa incluindo as roupas de baixa qualidade e de baixo custo para que a população que não detinha de muitos recursos financeiros pudessem comprar.
Você caro leitor deve está se perguntando: Isso é uma aula de história, uma enrolação, ou que diabos? Calma estamos chegando lá.
Então as roupas eram feitas em grande numero, e baixa qualidade para o ploretariado; e roupas chiques exclusivas para os que detinham de maior poder aquisitivo.
Veio a difusão do cinema nos anos 40 e 50 e a “americanização do mundo” todos queriam vestir uma roupa igual a da estrela do filme. Há! Os homens, os homens eram o foco principal desse post não eram? Pois é, mesmo nos anos 40 e 50 eles ainda não haviam entrado essa onda de moda, estavam absortos com suas vidas de trabalho duro para sustentar a família.
Veio a revolução PAZ E AMOR dos anos 60. Onde pricinpiou-se uma decadência de qualquer coisa que pudessem associar a moda. O movimento Rip Paz e Amor que começou nos E.U.A espalhou-se no “mundo inteiro’ e as pessoas não se interressavam mais por moda, qualquer calça jeans rasgada e suja servia para vestir. O movimento Rip expandiu a mente humana em geral e proporcionou uma evolução na mente masculina outrora tão fechada e reclusa. Os anos 60 preparou terreno para as décadas que estariam por vim.
Com o apogeu da modernidade dos anos 70 e 80 e a sofisticação e inclusão do universo masculino na moda, que imitando o cinema o qual começou a investir em protagonistas masculinos para seus filmes, visando lucro imediato o universo masculino foi bem aceito na alta costura no final dos anos 70.
Os anos 90 foi uma década morna para a moda masculina pois tudo que foi feito foi uma reinvenção dos anos anteriores.
Não posso pular para o Ano 2000 e o século XXI sem ates explicar melhor acontecimentos importantes dos anos 60. Como já disse a década de 60 foi uma evolução de conceitos velhos para conceitos modernos, todo tipo de comportamento antes descriminado nos anos 60 passaram a ser bem aceitos. Foi nos anos 60 que surgiu o Movimento Gay, não se pode falar em moda sem citar os Gays, afinal existe um laço muito forte para com os dois.
Antes dos anos 60 homossexual assumido era descriminado e muitas vezes até morto por causa do preconceito para com sua orientação sexual; como os anos 60 foi uma época de libertação de pensamentos, foi conquistado um espaço para os homossexuais na sociedade moderna e que por sinal conquistou-se também um espaço no mundo da Alta Costura, grande parte dos melhores estilistas do mundo são homosexuias e isso vem se repetindo até os dias de hoje.
Século XXI Ano 2000 e conseguintes da nossa contemporaneidade. Nasci mais um grupo social na sociedade os metros sexuais que são homens que juram de pé junto que não são gays porém adoram se envolver em tudo que esteja ligado ao universo feminino tipo: moda estética beleza. O universo da moda masculina alavancou-se de vez porém ainda é tratado com descaso pelos grandes estilistas e pelas grifes famosas.
Quem nunca ouviu falar ou viu em fotografias de revistas algumas das peças exclusivas das famosíssimas grifes, Valentino, Dolt Gabana e outras mais. Só ouviram e viram em fotografias mesmo, pois até para se aproximar dessas grandes marcas é muito difícil, imagine possui-las.
Todas as grifes famosas que citei fazem moda feminina, raríssimas são as peças masculinas feitas em grifes como essa, que sempre nunca fogem a regra de ser um belo e tradicional fraque.
Agora eu e meus botões e minhas agulhas ficamos pensando: Qual o motivo da valorização da moda feita exclusiva para mulheres? Valorização tal que um vestido chega a custar o mesmo preço que uma casa na Graça (bairro nobre de salvador). E a moda masculina ser tratada com descaso?

4 comentários:

dän disse...

meu deus, eu nao entendo nada de moda sabia? mas eu adoro ver um homem bem vestido.. (claro, nao sou tao tapada assim) hahahaha... adorei seu post, muito bom! e seu comentário me deixou TAOOOOO FELIZ, mas taoooo feliz.. q fofo vc.. muito obrigada! sabe pq meu blog se chama PRILILIFOBIA? sabe o barulhinho do msn? PRILILI! PRILILI! PRILILI! medo disso, muito medo. Odeio msn! hahahaha

Júlim Oliveira disse...

[i]amei o post e a foto tbm
eu tbm sou super leigo em moda sem nadenha de nada
e nem sou muito bom em entender de moda, gosto de criar meu próprio estilo...
tava com saudades aki do teu blog

dän disse...

vim pq deu saudades! e eu voltei a postar! ai, q bom q bom...

CelLiT0 disse...

Moda é com Marcelo...Sei nome de grifes, sei mais algums poucas coisas, e na verdade nem sei tanto, mas estou comemntando como todos os outros leigos que mim antecederam....H O H O!